Num lixão, humanidade! Coletânea de fotografias oferece imagens perturbadoras de pessoas que vivem e sobrevivem catando lixo

O britânico Chris Jennings juntou-se ao BID em 1996, como especialista em saneamento e, desde então, vem trabalhando essencialmente em projetos associados à água e saneamento na América Central. Jennings, um fotógrafo irrequieto que começou a produzir suas próprias fotos aos 10 anos, está sempre fotografando, em especial quando circula pelos projetos do BID. No início deste ano, uma coletânea de fotografias feitas por Jennings em depósitos de lixo municipais a céu aberto - os chamados lixões - na América Central, foi exibida na Galeria de Arte do Café La Plazuela, em Tegucigalpa, Honduras

Check Also

Modelo para la estimación de costos de la gestión de residuos reciclables con inclusión de recicladores

Herramienta para el análisis de costos asociados a diferentes niveles de inclusión de recicladores, de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *