Lixo ou resíduo? Grande indagação. Como afirmam alguns cientistas, temos que mudar nosso conceito. Os três R’s que traçam as linhas da política mundial sobre práticas ambientalmente corretas, também resultam em promissoras alternativas de geração de renda. A prova disso, é a crescente comercialização dos subprodutos originários de diversos processos industriais.



Há cerca de cinco anos que os técnicos de Meio Ambiente das agências ambientais dos estados vislumbraram a grande oportunidade de avalancar as vendas na organização, através da comercialização desses subprodutos que, além de agregar valor a todos os processos da empresa, promove a sustentabilidade ambiental, através da reciclagem, reuso ou reutilização desses componentes.



Contudo o processo de comercialização desses subprodutos deve ser tomado de todos os cuidados possíveis, pois muitos deles, utilizados de forma indiscriminada e sem a técnica necessária, pode causar grandes danos à saúde humana e promover a degradação ambiental.



Esse grau de preocupação por parte das empresas e dos técnicos ambientais, dá-se muito mais pelo compromisso da preservação ambiental e da saúde humana, do que simplesmente como fator de reaproveitamento efetivo desses subprodutos com o objetivo simples de aumentar o faturamento das empresas.



Não obstante, as empresas que comercializam esses produtos devem ter tão somente preocupação ambiental, como também a verificação de como esses estarão serem utilizados e para quais fins serão destinados.



Para assegurar que essas condutas não sejam proibitivas e ao mesmo tempo negativas, as empresas adquirentes devem sofrer um rígido processo de acompanhamento de todas a sua destinação, através de auditorias previamente estabelecidas em contratos.



Portanto, não podemos negar que a comercialização desses subprodutos são um fator gerador de renda ou melhor, uma forma de agregar mais valor ao produto principal da empresa.



Prof. José Carlos Guimarães Jr



Mestre e aluno especial do Programa de Doutorado em Planejamento e Gestão Ambiental- Universidade Católica de Brasília



Professor Universitário há 12 anos



Prof. Dsc José Carlos Guimarães Jr


Ano da Publicação:
2007
Fonte:
http://www.uniagua.org.br/website/default.asp?tp=3&pag=residuos.htm#residuos2
Autor:
Rodrigo Imbelloni
Email do Autor: