A maioria das pessoas não consegue reaproveitar todo o lixo gerado, mas é importante que haja o cuidado de repassar esse lixo a quem possa fazer uso dele, por meio da Coleta Seletiva na sua região.

A Coleta seletiva de lixo é um processo que consiste na separação e recolhimento dos resíduos descartados por empresas e pessoas. Desta forma, os materiais que podem ser reciclados são separados do lixo orgânico (restos de carne, frutas, verduras e outros alimentos), que são descartados em aterros sanitários ou usados para a fabricação de adubos orgânicos. Em alguns casos basta separar os recicláveis dos não-recicláveis e o lixo é levado para centrais de triagem, local onde é feita a separação dos materiais (papel, plástico, alumínio etc).

Outra opção são as cooperativas de reciclagem. Caso haja uma perto da sua casa, verifique o seu sistema de funcionamento, pois algumas trabalham apenas com um tipo de material. É aconselhável higienizar o lixo antes de ser enviado para as cooperativas, a fim de garantir um ambiente mais saudável, livre de insetos e de mau-cheiro. Essa limpeza pode inclusive ser feita com água de reuso. Caso seja possível, junte as famílias do seu condomínio, da sua rua ou do seu bairro porque uma ação conjunta consegue resultados melhores e mais rápidos.

Um outro benefício da reciclagem é a quantidade de empregos que ela tem gerado, pois muitos desempregados estão buscando trabalho neste setor e conseguindo renda para manterem suas famílias, além de contribuir para a diminuição significativa da poluição do solo, da água e do ar.

Ano da Publicação:
2009
Fonte:
http://blog.mma.gov.br/sacolasplasticas/
Autor:
Rodrigo Imbelloni
Email do Autor: