Você deve estar achando estranho, mas é isso mesmo. É possível extrair eletricidade do lixo que produzimos no nosso dia-a-dia. E melhor: nós da GE estamos fazendo isso. Uma tecnologia da Divisão de Motores a Gás da GE Energy transforma parte dos resíduos produzidos nas cidades de Belo Horizonte (MG) e Salvador (BA) em eletricidade.

Por meio de tubulações coletoras e mecanismos de controle e monitoramento, o gás metano é direcionado para os motores GE Jenbacher, que podem ser comparados ao motor do nosso carro, mas claro, numa dimensão bem maior.

O motor processa o gás e a energia gerada é transformada em eletricidade. São motores que têm capacidade instalada entre 250kW e 9,5MW, atendendo na medida da necessidade de cada projeto, de cada cliente.

Atualmente, nossa capacidade instalada é de cerca 28 MW nessas duas cidades. Essa quantidade de energia elétrica é capaz de abastecer cerca de 50 mil casas.

Mas, você ainda deve estar se perguntando: como é possível transformar lixo em eletricidade? Essa possibilidade existe graças à tecnologia dos motores GE Jenbacher, que utiliza o gás metano gerado nos aterros sanitários como combustível e o transforma em energia elétrica.

Aterro sanitário é o local para onde vai grande parte do lixo produzido numa cidade. Após cerca de 3 anos, a decomposição desse lixo começa a produzir gás metano em quantidade suficiente para ser utilizado como combustível. A legislação ambiental brasileira exige que este gás metano seja queimado antes de ser lançado na atmosfera.

De parcerias firmadas entre a GE e empresas operadoras ou proprietárias de aterros sanitários, estão nascendo projetos que permitem que o metano que deveria ser queimado seja usado para gerar energia elétrica.

A energia gerada pode ser vendida diretamente a grandes consumidores, ou à concessionárias, como no caso do aterro de Belo Horizonte, que vende toda sua energia para a CEMIG, que a distribui para seus clientes.

Temos hoje no Brasil, 25 desses motores em operação, que juntos, retiram da atmosfera cerca de 1.000.000 toneladas de dióxido de carbono (CO2), um dos gases causadores do aquecimento global.

A GE Energy atua diretamente neste mercado no Brasil desde 2008 e com grande possibilidade de crescimento nos proximos anos. Os motores à gás da GE chegam a atingir 90% de eficiência energética em operações de cogeração de energia, podendo consumir gás natural, biogás, gases de siderurgia e gás de síntese como combustível.

Ano da Publicação:
2012
Fonte:
http://brazil.geblogs.com/energia-eletrica-que-vem-do-lixo/
Autor:
Rodrigo Imbelloni
Email do Autor: