DIAGNÓSTICO DO GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE NAS UNIDADES BÁSICAS DO MUNICÍPIO DE CHAPECÓ – SC

O objetivo desta pesquisa foi fazer um diagnóstico do gerenciamento de resíduos sólidos de serviços de saúde
nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Município de Chapecó – SC. Foram aplicados questionários
acompanhados de visitas in loco para observar junto às equipes de trabalho, como ocorre o manejo dos
resíduos gerados. Detectou-se a necessidade de melhorias na execução das normas legais elaboradas pelo
PGRSSS, preconizado na RDC 306/04 da Anvisa e na Resolução 358/05 do CONAMA. As etapas de manejo
dos resíduos contaminados apresentam os seguintes problemas: segregação inadequada de resíduos, não há
separação específica de resíduo comum, armazenamento temporário de resíduos infectantes em locais
impróprios, excesso de resíduo perfurocortante em recipientes; uso incorreto de EPIs; e, inadequações nos
abrigos externos de resíduos. São necessárias adaptações nas UBSs pesquisadas quanto às legislações,
enfatizando-se a implantação de um plano de gerenciamento dos resíduos sólidos, além de um programa de
educação continuada em serviço. Ressalta-se a importância do papel dos serviços de fiscalização sanitária e dos
fatores ambientais, contribuindo na conscientização dos RSSS gerados por este setor.

Check Also

Tecnología de Digestión Anaeróbica de Residuos Orgánicos Sólidos

En la presente nota se hace la descripción de una opción tecnológica especialmente diseñada para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *