COMPOSIÇÃO GRAVIMÉTRICA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS DOMICILIARES ENCAMINHADOS AO ATERRO SANITÁRIO DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA (GO)

São coletadas mensalmente 32 mil toneladas de resíduos sólidos domiciliares (RSD) no município de Goiânia.
As características destes resíduos podem variar em função de aspectos sociais, econômicos, culturais,
geográficos, climáticos, entre outros. O objetivo deste estudo foi conhecer a composição e as porcentagens dos
materiais que compõem os resíduos sólidos domiciliares coletados no município de Goiânia (GO), por meio da
coleta convencional realizada pela Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), e destinados ao aterro
sanitário municipal. Para o desenvolvimento deste estudo, realizado durante o período de setembro a dezembro
de 2009, foram utilizados dois procedimentos: escolha do universo amostral e definição do método para a
caracterização dos resíduos. Para a escolha do universo amostral foram definidos 06 (seis) bairros do
município priorizando as diversidades sócio-econômicas dos mesmos. A composição gravimétrica foi
realizada através de pesagem da amostra coletada, separação dos constituintes em grupos (matéria orgânica,
material reciclável e outros), pesagem individual de cada grupo e determinação dos respectivos percentuais. O
resultado geral da caracterização dos RSD gerados, coletados e encaminhados para o aterro sanitário de
Goiânia foi de 63% de matéria orgânica, 20% de materiais recicláveis e 17% dos demais resíduos. Nos
resultados apresentados por classe social não observou-se grandes variações nas porcentagens dos resíduos
coletados, devido a universalização do consumo de produtos industrializados e embalagens recicláveis em
todas as classes sociais. Quando comparados os estudos realizados nos anos de 2003 e 2009 observou-se uma
diminuição na quantidade de materiais recicláveis encaminhados ao aterro sanitário. A sistematização dos
dados gerados com o estudo de caracterização possibilita o acompanhamento da geração dos resíduos sólidos
domiciliares do município de Goiânia o que interfere diretamente no planejamento de todas as etapas do
gerenciamento como, por exemplo, no dimensionamento da frota de veículos coletores e na estrutura de
tratamento e destinação dos diferentes tipos de resíduos coletados, indicando a possibilidade de
aproveitamento das frações recicláveis.

Check Also

Modelo para la estimación de costos de la gestión de residuos reciclables con inclusión de recicladores

Herramienta para el análisis de costos asociados a diferentes niveles de inclusión de recicladores, de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *