Limpeza de ambientes costeiros brasileiros contaminados por petróleo: uma revisão

Vazamentos de óleo, provenientes das atividades de exploração, transporte, distribuição e
armazenamento, geram danos ao ambiente e afetam a sociedade. Busca-se, nas dimensões técnicocientífica
e jurídica, aprimorar de forma contínua os instrumentos de resposta a tais episódios. Quando o
óleo atinge a linha de costa contaminando diferentes ecossistemas, os prejuízos tendem a ser
consideráveis. Existem muitas maneiras de se fazer a limpeza do meio e a escolha adequada da(s)
técnica(s) a ser(em) utilizada(s) é crucial para a minimização dos danos ecológicos, muito embora os
procedimentos em uso têm sido definidos, principalmente, pela demanda sócio-econômica e os aspectos
estéticos. Este trabalho sintetiza e analisa as informações referentes às formas e técnicas empregadas na
limpeza dos principais ecossistemas da costa brasileira (manguezais, marismas, praias, costões rochosos,
recifes de coral, lagoas costeiras, restingas e dunas). A partir de revisão bibliográfica e de estudos de
casos reais nacionais e internacionais, propõe-se métodos julgados mais adequados para a limpeza de
cada ambiente, com o intuito de contribuir com os órgãos ambientais nas tomadas de decisão em cenários
de vazamentos de óleo.

Check Also

Modelo para la estimación de costos de la gestión de residuos reciclables con inclusión de recicladores

Herramienta para el análisis de costos asociados a diferentes niveles de inclusión de recicladores, de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *