AVALIAÇÃO DE INVESTIMENTOS E DE DESEMPENHO DE CENTRAIS DE RECICLAGEM PARA RESÍDUOS SÓLIDOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO

Grande parte dos Resíduos Sólidos da Construção Civil (RCC) no Brasil não é reciclada e esta situação deverá mudar significativamente, pois o Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA) publicou a Resolução no 307, que obriga os municípios e o Distrito Federal a elaborar e implantar uma gestão sustentável dos RCC.



Dentro desta gestão, as atividades de beneficiamento de RCC realizadas em centrais de reciclagem têm importante papel, pois uma das principais ações incentivadas pela resolução é a reinserção destes resíduos no ciclo produtivo.

O objetivo principal deste trabalho foi levantar os dados existentes relativos a

gestão e reciclagem de RCC no Brasil, avaliá-los e propor um modelo conceitual para estudos de viabilidade financeira de centrais de reciclagem de RCC, que poderá apoiar o poder público e a iniciativa privada, na decisão sobre os seus investimentos. Uma aplicação do modelo é detalhada para o Município do Rio de Janeiro.



Adicionalmente serão apresentados um diagnóstico das gestões de RCC praticadas em vários municípios brasileiros e uma avaliação de desempenho entre as centrais de reciclagem existentes no Brasil, com o emprego da metodologia de análise multicritério.

Check Also

Brasil produz mais de 15 mil toneladas de resíduos de medicamentos por ano

Estudo indica que 85 dos locais na região Centro Oeste, fazem o descarte destes resíduos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *