Avaliação de matéria orgânica em compostagem : metodologia e correlações

Atualmente tem sido muito empregada a técnica de compostagem para a degradação da fração orgânica de resíduos de origem domiciliar. Normalmente as leiras de compostagem são monitoradas através de parâmetros como temperatura, pH e umidade. Tais determinações podem não conduzir a resultados que possam expressar significativamente o comportamento real de processo. Justamente analisando a questão nesse aspecto, é que se procurou estudar o monitoramento de uma leira de compostagem através da aplicação de uma metodologia mais específica, de tal forma que se pudesse acompanhar a bioestabilização dos compostos orgânicos. Utilizou-se, para atingir tal meta, métodos usuais de determinação de matéria orgânica para resíduos líquidos, com adaptações necessárias para o emprego em resíduos sólidos. Obtiveram-se dados que podem ser utilizados no monitoramento da compostagem, porém parece não existir correlações significativas entre os resultados dos métodos utilizados

Check Also

Floripa avança para a coleta porta a porta em quatro frações

Capital corre para alcançar metas lixo zero 2030. Seletiva flex, com coleta exclusiva de vidro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *