AVALIAÇÃO DO COTRATAMENTO BIOLÓGICO DE LIXIVIADOS DE ATERROS SANITÁRIOS COM ESGOTO DOMÉSTICO NO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

O lixiviado produzido em aterros sanitários apresenta elevado potencial poluidor com características muito variáveis. O tratamento biológico tem se mostrado pouco eficiente para efluentes líquidos de aterros já que esses apresentam elevadas concentrações de amônia, cloretos e de compostos recalcitrantes. Assim, a escolha da tecnologia para tratamento do chorume requer uma criteriosa avaliação de parâmetros técnicos e econômicos

Check Also

Floripa avança para a coleta porta a porta em quatro frações

Capital corre para alcançar metas lixo zero 2030. Seletiva flex, com coleta exclusiva de vidro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *