Balanço de Recursos de 2001: Green Dot está ajudando a reduzir gases nocivos de efeito estufa

Balanço de Recursos de 2001: Green Dot está ajudando a reduzir gases nocivos de efeito estufa

Ao reciclar cerca de 2.3 milhões de toneladas de embalagens leves (alumínios, plásticos, compostos e latas), o sistema alemão de recuperação de lixo em embalagens – DSD – obteve sucesso ao salvar umas 400.000 toneladas de dióxido de carbono produzidas durante um ano na Alemanha em 2001. Esta redução de gás de efeito estufa corresponde à quantidade de dióxido de carbono produzida durante um ano por 64.000 casas alemãs de nível médio, onde cada uma consome 2.000 litros de óleo de calefação – ou, em outras palavras, a produção de uma cidade do tamanho de Potsdam ou Heidelberg. Ao mesmo tempo, a reciclagem de embalagens leves resultou em economias de aproximadamente 33 bilhões de megajoules de energia. Esta é a conclusão a que o segundo e extenso Balanço de Recursos da Duales System Deutschland AG chegou, e que foi apresentada hoje em Berlim.

A quantidade coletada de embalagens leves aumentou em 3.6 por cento em 2001. Isto se deve à situação de mercado alterada, principalmente ao enorme aumento no polietileno tereftalato (PET), cuja quantidade não conseguiu, porém, dar origem à substtuição firme do vidro. Em 2001, cada cidadão alemão depositou uma média de 76.6 kilogramas de produtos recicláveis nos contêineres de coleta da Dual System. Portanto, em comparação com o ano anterior, a quantidade total coletada caiu ligeiramente em 2.1 por cento e chegou a 6.290.896 toneladas em 2001.

Graças às melhoradas tecnologias e processos automatizados de classificação, a quantidade de plástico mecanicamente reciclada aumentou em mais de 10 por cento em 2001 e, logo, esteve pela primeira vez maior que a quantidade consignada à reciclagem de feedstock.

Independente do Balanço de Recursos, pesquisas externas realizadas por institutos independentes também são importantes para a orientação tecnológica e estratégica da empresa. Por exemplo, em sua mais recente pesquisa, o Instituto de Ecologia Aplicada (Öko-Institut) defende a intensificação de esforços voltados para a reciclagem mecânica, porque isto poderá resultar em impactos ambientais positivos.

Nos anos seguintes, a Dual System pretende estender o Balanço de Recursos, a fim de incluir todos os tipos de embalagens coletadas pelo sistema (incluindo vidro e papel), bem como parâmetros ambientais adicionais tais como a eutrofização de cursos de águas e a acidificação de solos.

Um pacote impresso de informações (> 2MB) está atualmente disponível no sítio da DSD na Internet em:

Clique para acessar o 2943_Pressemappe_Resources_Balance_2002_en.pdf

O segundo Balanço de Recursos da Dual Systems Deutschland AG torna ainda mais óbvios os benefícios ambientais concretos e mensuráveis da reciclagem de embalagens. Em primeiro lugar, o Balanço de Recursos serve como uma ferramenta interna para o monitoramento da eficácia e para a otimização. Segundo, conscientiza os consumidores do senso por detrás de sua separação diária de lixo. No curso de uma análise ambiental geral da reciclagem de embalagens, a redução de gases de efeito estufa por meio da reciclagem de embalagem leve foi avaliada pela primeira vez em 2001. As embalagens leves consistem em alumínio, plásticos, lata e compostos. A análise da eficiência de energia também se foi ampliada, a fim de incluir todas as embalagens leves.

Comparação entre produtos reciclados e novos produtos

O Balanço de Recursos da Dual System é baseado nos princípios metodológicos da avaliação do ciclo de vida e compara os produtos reciclados diretamente com produtos novos, que tenham igual utilidade. Para tal fim, o uso de recursos e as conseqüentes emissões foram calculados em cada etapa no processo de reciclagem de embalagem desde a coleta, passando pela classificação e pelo processamento, até a reciclagem. Todas as 537 áreas de gestão de lixo, 210 plantas de classificação, 78 facilidades de processamento e 105 plantas<

Ano da Publicação: 2002
Fonte: Warmer Bulletin News Letter
Autor: J. Penido

Check Also

Lâmpadas fluorescentes e sua reciclagem

BY RICARDO RICCHINIIN RECICLAGEM DE LÂMPADAS — 25 ABR, 2015 Conheça um pouco mais sobre …