Impulsionando a Reciclagem

Impulsionando a Reciclagem

Em parceria com um reciclador privado, a cidade de Virginia Beach aumentou a participação no programa de reciclagem para 76%

Virginia Beach – Estado de Virginia – 439 889 habitantes

Em 1988, Virginia Beach tornou-se a primeira cidade a automatizar completamente os serviços de coleta de lixo (containers basculados automaticamente em caminhões providos de braço hidráulico para agarrar, levantar e esvaziar os containers, recolocando-os depois no devido lugar).

Clean the Bay Day : mutirão em que milhares de voluntários limparam 150 milhas da orla marítma da baia de Chesapeake e coletaram algumas centenas de toneladas de resíduos. Este é um exemplo das muitas ações ambientais promovidas pelas autoridades locais.

Virginia Beach procurou utilizar um processo de reciclagem que fosse o mais amigável possível ao usuário. De 5 concorrentes, foi escolhida a firma Tidewater Fibre Corp. (TFC), que investiu cerca de 8 milhões de dólares para a construção de uma nova usina, utilizando um sistema automático de separação de materiais recicláveis. Além disso, foi comprada pela TFC uma frota de 20 caminhões Heil, para coleta automática de containers e foram adquiridos 113.000 containers de 95 galões da Plastic Omnium.

A força chave da TFC é a habilidade de comercializar os recicláveis.

O produto de maior volume é o papel. O moderno equipamento da usina, não disponível a apenas 4 ou 5 anos atrás, permite um produto reciclado de alta qualidade.

Os materiais recicláveis são colocados, juntos (commingled) em grandes containers de 90 galões e recolhidos de 15 em 15 dias, no dia de coleta normal. Foram providenciados também 20 centros de recebimento de resíduos recicláveis (drop-off sites). A maior vantagem para os residentes é que o novo programa permite que os recicláveis sejam misturados em um só container.

O custo dos serviços de coleta de resíduos recicláveis colocados nas calçadas e do recolhimento dos 20 locais de drop-off é de aproximadamente 4 milhões de dólares anualmente. São recolhidos cerca de 40.000 toneladas de resíduos recicláveis por ano, deixando-se de gastar 2 milhões de dólares em coleta regular e em custos de disposição. Isto, juntamente com a redução de 800.000 dólares obtidos pelo redimensionamento da coleta da cidade, trouxe o custo da reciclagem a 1 dólar por domicílio por mês.

O mais notável, entretanto, é que o novo sistema de reciclagem gera lucros, dos quais Virginia Beach recebe um percentual de 15%, não sendo responsável por eventuais perdas financeiras. Atualmente, a TFC paga à cidade entre 3.000 e 4.000 dólares por mês.

Devido ao novo programa de reciclagem, os coletores estão recolhendo 25% menos lixo que antes.

Campanha de marketing:

Somente empurre o container até o passeio. A partir daí, deixe conosco”.

Nossa responsabilidade é educar a população. Desta forma, a TFC recebe um produto que eles podem vender e lucrar em um mercado volátil.

Ao entregar os containers, a campanha foi: Por favor, dê a este novo serviço de reciclagem uma oportunidade de 30 dias. Se ele não atender às suas expectativas, ligue para 430 2450. Vamos fazer este programa de reciclagem funcionar, juntos. Como resultado, 99% dos residentes aceitaram os containers.

Resumo do Programa de Reciclagem em Virginia Beach

– Clientes: 115.000
– Taxa de participação: 76%
– Tipo do programa: coleta automática de resíduos recicláveis colocados, juntos (commingled), em containers de 90 galões, recolhidos a cada 15 dias.
– Toneladas recicladas por ano: 34.575
? Custo por domicílio por mês: 1 dólar
– Custo por tonelada: 39,46 dólares
– Faturamento anual: 25.269 dólares
– Redução na coleta de lixo:20%
– População da cidade: 439.889 hab.

– Custo por ano da reciclagem: 34.575 ton x 39,46 dólares = 1.364.329,50 dólares.<<>>

Ano da Publicação: 1999
Fonte: Waste Age
Autor: Antonio Fernando Magalhães

Check Also

Aterros sanitários: será que existe solução?

Uma notícia me chamou atenção nesta semana. Na abertura da 18ª Marcha em Defesa dos …