BURACO DA CAMADA DE OZÔNIO

abertura resultante da redução da camada de ozônio na estratosfera, constatada entre setembro e novembro de 1989 na Antártida e que tem sido motivo de alarme. Essa camada é essencial à preservação da vida do planeta, porque filtra os raios ultravioleta do sol, mortíferos às células. Observações recentes mostram que o buraco tem se estendido até o extremo sul da América do Sul e à Nova Zelândia.
FONTE – SECRETARIA ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE – RIO GRANDE DO SUL

Check Also

Nespresso expande programa de coleta de cápsulas

A Nespresso expande a solução de reciclagem “Entrega Verde” para a cidade de Porto Alegre. …