CÉSIO 137

trata-se de um elemento químico que se caracteriza como um pó azul brilhante, altamente radiativo, que provoca queimaduras, vômitos e diarréia até a morte. Cientificamente, o césio 137 é um radioisótopo usado no tratamento do câncer e em processos industriais como fonte de calibração de instrumentos e de medição de radiatividade. O organismo humano necessita de 110 dias para eliminá-lo. Atualmente é substituído pelo cobalto. O césio 137 tornou-se famoso no Brasil a partir do ocorrido em Goiânia-GO, Em setembro de 1987: um homem acha um cilindro de ferro e chumbo e o vende a um ferro velho, onde é quebrado. Dentro está uma cápsula de césio, a qual é imediatamente liberada. Em decorrência, 22 pessoas morrem e mais uma centena fica paralítica. O lixo altamente tóxico desse acidente foi colocado em barris lacrados a céu aberto no estado de Goiás.
FONTE – SECRETARIA ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE – RIO GRANDE DO SUL

Check Also

Nespresso expande programa de coleta de cápsulas

A Nespresso expande a solução de reciclagem “Entrega Verde” para a cidade de Porto Alegre. …