Cuidados com a reciclagem do papel

Um mito muito explorado é que a reciclagem do papel salva florestas e preserva os recursos naturais. Ao contrário, a celulose é sempre obtida de árvores plantadas, portanto um recurso natural renovável, e a energia consumida na reciclagem do papel é, em alguns casos, muitas vezes maior do que a gasta na sua fabricação a partir da celulose. Além disso, a reciclagem do papel é uma atividade que consome muita água e, se não tomados os cuidados necessários, como o tratamento dos efluentes líquidos, poderá ser altamente poluidora. Um dos maiores problemas com a reciclagem deste material é a retirada da tinta dos papeis usados para que se obtenha um produto reciclado de boa qualidade. Há dois processos mais comumente usados: o primeiro é através da adição de produtos químicos durante a fabricação da polpa e a utilização de grandes quantidades de água para “enxaguar” a mistura ou o borbulhamento de ar através da massa de polpa, com a posterior remoção da tinta e demais impurezas pela superfície, já que ficam flutuando em forma de espuma; o segundo método, que não produz material de tão boa qualidade, mas em compensação gasta menos água, consiste na dispersão da tinta por toda a massa da polpa. Em qualquer dos métodos, os cuidados com o meio ambiente devem estar presentes e a adequação da indústria neste sentido exigirá maiores investimentos

Ano da Publicação: 1998
Fonte: Warmer Bulletim - World Resource Foundation
Autor: J. H. Penido
Email do Autor: jpenido@resol.com.br

Check Also

AMBIENTE NA EUROPA MELHOROU NOS ÚLTIMOS 5 ANOS

Um relatório divulgado pela Comissão Europeia no início de março mostra que, nos últimos cinco …