Lixo hospitalar do coronavírus cresce pelo menos quatro vezes e vira ‘bomba-relógio‘ da doença

BRASÍLIA – O volume de resíduos hospitalares gerados pelo coronavírus vai ampliar em pelo menos quatro vezes a quantidade atual desses materiais produzida em todo o País, uma situação que ameaça travar completamente a capacidade de tratamento desse lixo contaminado.

Clique para ler a notícia na fonte original!

 

 

Check Also

Pictured: World’s biggest facility that turns corpses into compost, then gives soil to families

A groundbreaking new facility that will be the largest in the world to turn human …