Influência da temperatura na perda de nitrogênio durante a compostagem

O processo de compostagem se apresenta como uma das soluções para o tratamento da

parte orgânica contida nos resíduos sólidos municipais. Como resultado deste processo

tem-se um produto, o composto, que além de outros usos poderá ser utilizado na

agricultura como fertilizante. Para aplicação na agricultura é importante que os nutrientes

necessários as plantas estejam presentes numa certa quantidade e que sejam preservados

durante o processo. O processo de compostagem é afetado por vários fatores, tais como: umidade, aeração, relação Carbono/Nitrogênio, temperatura, tamanho da partícula. Entre

estes fatores, a temperatura tem uma grande importância na compostagem, não só como fator para eliminação de microorganismos, mas também como fator que influencia a conservação ou perda de tais nutrientes.

O presente trabalho realizou investigações em laboratório da conservação de nitrogênio

em função da temperatura em três reatores mantidos a temperaturas de 40, 50 e 70°C.

Os resultados mostraram que ocorre uma maior volatilização do nitrogênio nas

temperaturas de 50°C e 70°C na forma de amônia. O reator cuja temperatura foi mantida a 40°C apresentou uma melhor conservação de nitrogênio e o processo foi completado mais rapidamente

Check Also

Biden paga fábricas de baterias… só com reciclagem

O novo Presidente dos EUA está apostado em liderar a indústria dos veículos eléctricos, em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *